domingo, fevereiro 27, 2011

Finalmente inaugurado o Quartel dos Bombeiros!

Novo quartel dos bombeiros inaugurado em Vila Franca das Naves

O ministro da Administração Interna inaugurou, este sábado, o novo Quartel dos Bombeiros de Vila Franca das Naves. Depois do desterrar da placa, Rui Pereira visitou as instalações e enalteceu a importância do investimento de cerca de 850 mil euros, valor comparticipado pelo QREN em 70 por cento. Moderno, funcional e apetrechado com todos os equipamentos necessários aos soldados da paz, o novo quartel era um anseio antigo da corporação de Vila Franca das Naves, que desempenhava a sua missão num local com poucas condições. A utilização efectiva do novo equipamento pelos 60 bombeiros que compõem a corporação de Vila Franca das Naves está agora dependente apenas de alguns pormenores de ordem técnica.


quinta-feira, fevereiro 24, 2011

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

Assine já - contra as portagens nas autoestradas A25, A23 e A24

Abaixo-Assinado

Contra as Portagens nas Auto-Estradas A25, A23 e A24

Contrariando o seu próprio programa, o Governo já anunciou a sua intenção de introduzir portagens nas auto-estradas A25, A23 e A24.
A introdução de portagens nestas vias de comunicação é profundamente prejudicial e injusta para a economia e as populações, nomeadamente dos distritos de Vila Real, Guarda, Viseu, Aveiro e Castelo Branco.
Hoje, não existem alternativas a estas vias rodoviárias estruturantes uma vez que a EN16, a EN 2, EN 18 e EN17 se encontram num permanente estado de degradação, nalguns casos já não existem ou são apenas ruas de diversas localidades e são manifestamente desadequadas como vias inter-regionais.
O traçado muito sinuoso e com declives acentuados destas auto-estradas acrescenta razões às posições de todos os que defendem que não é justo taxar com portagens vias que ficam muito distantes da qualidade de outras.

Estas auto-estradas, nomeadamente a A25, são das principais vias de escoamento terrestre de produtos e mercadorias produzidas no país, particularmente no distrito de Aveiro e em diversas áreas dos distritos de Viseu, Vila Real, Guarda e Castelo Branco. O pagamento de portagens provocaria um aumento do custo de vida, criaria mais dificuldades às empresas e agravaria a situação económica e social desta vasta região [segundo valores médios anunciados pelo Governo, para veículos ligeiros classe 1: Aveiro – Vilar Formoso, 16.00 € ; Guarda – C.Branco, 7.70 €; Viseu - Chaves, 12.80 €; Vila Real – Chaves, 6.40 €; Lamego – Vila Real, 3.60 €; Lamego - Régua, 1.40€;].

Por outro lado, o pagamento de portagens na A25, A24 e A23 seria uma medida que em nada contribuiria para combater a interioridade e a desertificação que afectam estes distritos do interior do país.

A adopção de tal medida significaria que estes distritos continuariam a ser sacrificados e o seu desenvolvimento adiado.

Assim, os cidadãos e entidades abaixo-assinados exigem que o Governo altere a decisão de introduzir portagens nas auto-estradas A25, A23 e A24. De igual modo, no exercício de direitos legalmente consagrados, solicitam à Assembleia da República que decida discutir esta matéria, recomendando ao Governo que corrija a orientação que assumiu neste domínio.