quarta-feira, dezembro 06, 2006

Pedido de ajuda genealógico...

Recebemos o seguinte e-mail, que passamos a divulgar, para lhe poder responder:

Ex.mo Senhor:

Sei que não me conhece mas vou-me apresentar: chamo-me Bernardo Videira, 23 anos, vivo em Lisboa e ando em busca de dados sobre os antepassados da minha avó paterna, de seu nome Maria Georgette Leal: ela nasceu na sua terra, Vila Franca das Naves, em 1931 e faleceu em Lisboa, em 2000. Sei muito pouco sobre os antepassados dela, pois só recentemente comecei a interessar-me por Genealogia.

Sei que o pai dela se chamava Manuel Leal e era um homem algo abastado; a mãe dela era Maria de Lurdes Braga, faleceu muito nova, nos anos 30, sei que Maria de Lurdes Leal tinha dois irmãos mais velhos: um irmão que emigrou para o Brasil e uma irmã mais velha. Não sei se eles nasceram aí ou não; sei que depois o Manuel Leal foi viver para a Guarda, para a Praça da Sé; sei também que Manuel Leal viveu até à idade de 90 anos, e teve outras filhas de outras 2 mulheres. Parece que morreu em São Pedro do Sul, mas não estou certo disso...

A pergunta que lhe coloco é: será que alguém mais idoso aí da Vila se lembra deles? Será que alguém sabe mais algumas pistas?? Nomes completos, datas, informações, curiosidades... tudo seria bem vindo!!

Espero que me consiga obter alguma informação útil; tenho que ir aí brevemente, pois gostava de conhecer a terra, por motivos sentimentais, em relação à minha avó...; além disso tenho que pedir certidão da minha avó em Trancoso, onde aparecerão os nomes completos dos pais e avós dela.

Com os melhores cumprimentos, espero que me possa ajudar...
Bernardo Galvão Videira
bernardovideira(arroba)gmail.com
bernardovideira(arroba)hotmail.com

P.S. - Já agora, ainda haverá algum Braga aí na terra??


Será que alguém pode ajudar este descendente de vila-franquenses...? Respondam directamente ou mandem a resposta para o meu e-mail, que eu escrevo-lhe...
fjfom(arroba)hotmail.com


NOTA FINAL: Já recebemos algumas informações (que enviámos prontamente...) e temos novas dados, que o meu pai escreveu de memória, que também iremos passar para texto digitado e posterior e-mail, ao Senhor Bernardo. Se mais informações houver, serão benvindas...

2 comentários:

Margarida M. Marques de Sá disse...

Fernando, estou escrevendo para lhe enviar os meus parabéns, por todas as informações que nos são passadas pelo seu blog. Gosto muito de saber tudo o que aí se passa. Acho que sei mais o que se passa aí, do que os proprios habitantes(a maioria deles ,já idosos,não tem acesso à internet). Vendo o caso desse menino: Bernardo Videira;comentando com minha mãe, ela logo se lembrou de Manuel Leal. Assim como ela,muitos se lembrarão, até mesmo seu pai e meus primos aí de Vila Franca.É só uma questão de se comunicarem e tudo virá à tona .Desejo tudo de bom à todos e muito obrigado por tudo o que nos passa. Saudades. Guida aqui de São Paulo, Brasil.

Fernando Martins disse...

Cara amiga paulista: agora a malta (até a mais velha...) já vai à Internet ou sabe coisas dela através dos filhos...!
O meu pai (na cama do Hospital...) já me contou um pouco a fabulosa história de vida de Manuel Leal, que eu irei transmitir (conjuntamente com um contacto de telefone que um amigo me fez chegar...) e que enviei ao bisneto de Manuel Leal...

Saudações fraternas (até porque só tenho primos direitos e tios aí, no país-irmão, em S. Paulo...) do Fernando João Fernandes Oliveira Martins